Kaypakkaya é umha ruptura com a linha burguesa e o nascimento da linha proletária!

Reproduzimos declaraçom internacional comum polo 48º aniversário do assassinato de İbrahim Kaypakkaya.

http://dazibaorojo08.blogspot.com/2021/05/declaracion-internacional-comun.html

KAYPAKKAYA É UMHA RUPTURA COMA A LINHA BURGUESA E O NASCIMENTO DA LINHA PROLETÁRIA!

O camarada İbrahim KAYPAKKAYA, fundador e guia teórico do nosso Partido, representante do proletariado internacional na Turquia, no 48º aniversário do seu assassinato continua a nos guiar. Mantemos nosso camarada İbrahim Kaypakkaya vivo em nossa luita pola Revoluçom de Nova Democracia, o Socialismo, o Comunismo e a Guerra Popular.

Enquanto o sistema imperialista-capitalista continua a desmoronar, ele mantém seu colonialismo parasita em todo o mundo com sangue, lágrimas e pus escorrendo de todos os seus poros. A crise político-económica e as guerras a nível regional agudizam os conflitos entre os imperialistas e aumentam ainda mais a luita por umha divisom maior. A consequência direta desta situaçom som guerras injustas, aumento da pobreza, milhons de chamados refugiados, o crescimento de organizaçons reacionárias e fascistas e a disseminaçom da violência governamental. Se de um lado do quadro que estamos enfrentando está essa ordem brutal de exploraçom e suas consequências, do outro estam as massas populares, os revolucionários e os comunistas, que luitam contra toda essa reaçom e barbárie e que resistem a todas as formas de violência, agressom.

É por isso que a onda contra-revolucionária que enfrentamos nom nos intimida. Sabemos que quando as massas carregam umha consciência política revolucionária e agem dacordo com essa consciência, verá-se que os imperialistas e seus lacaios som apenas “tigres de papel”. Vez após vez, a história da luita de classes mostrou que quando as massas se levantam com consciência revolucionária, nom há força que poda resistir a ela. No contexto histórico em que nos encontramos, esta é precisamente a razom pola qual a clareza ideológica e a audácia prática som mais necessárias do que nunca. As massas precisam de organizaçons políticas e orientaçom prática, dotadas dessa clareza.

No 48º aniversário do assassinato do camarada İbrahim KAYPAKKAYA, vemos mais umha vez como é importante entender e compreender os líderes políticos e orientaçons que alcançárom um avanço histórico em suas vidas e ser inspirados por eles. Camaradas como İbrahim KAYPAKKAYA e comunistas semelhantes refletem nom apenas os valores dum país, mas, além disso, os valores compartilhados polo proletariado internacional e fam parte de nossa história comum. Justamente por isso, seus ensinamentos, suas posiçons ideológicas e sua audácia político-prática som considerados parte da memória coletiva dos comunistas. Em nossas luitas persistentes, eles continuam em seu papel histórico de guias.

A história da luita de classes só pode ser feita com audazes ​​passos políticos e práticos. Alcançar umha resistência ou umha contradiçom e umha alternativa ao óbvio, ao aceito, contra o prevalecente, o convencional, os pensamentos ensinados e preconceitos, os dogmas e o status quo só é possível, quando rasgamos a “vestimenta” que o sistema de exploraçom e pilhagem nos “colocou” dumha forma que nem o menor pedaço de pano ficou sobre nós. Se carregarmos a menor parte do sistema conosco, é difícil e, no final, impossível realizar umha ruptura radical com o sistema. Significaria que, dumha forma ou doutra, nos uniríamos ao sistema existente no plano ideológico ou prático. O facto de a capitulaçom à burguesia – apesar dos elevados preços pagos, nas várias regiões do mundo, do passado ao presente – continuar a acontecer, é umha prova disso. Como um antídoto para tais posiçons ideológicas, o camarada İbrahim KAYPAKKAYA existiu como a personificaçom do rejeitamento total de determinado sistema. Seu ensino e orientaçom nom cessárom.

Em todas as partes do mundo existírom muitos revolucionários e comunistas, dos quais cada um contribuiu significativamente para a luita pola revoluçom e polo comunismo. Alguns dos vários revolucionários e comunistas que dedicárom sua vida à luita pola revoluçom e polo socialismo, e que alicerçárom a revoluçom mundial com seu trabalho, seu sangue e sua alma, assumírom umha posiçom especial com suas rupturas históricas, sua audácia política e sua clareza ideológica. “Quebrando o gelo e abrindo o caminho”, eles assumírom a funçom de estrela polar. Essas personalidades, que surgírom nos momentos mais críticos da história da luita de classes, construírom o futuro nos momentos em que vivérom. E apesar de todos os esforços contrários de seus inimigos de classe, seus pensamentos tornárom-se e continuam a ser guias, também à medida que som içados polas geraçons seguintes. O camarada İbrahim KAYPAKKAYA, em sua curta vivência na história da luita de classes, foi o portador dessa missom.

Como todos os outros líderes revolucionários e comunistas, o camarada İbrahim KAYPAKKAYA é um produto direto da luita de classes. Por meio da participação em todas as áreas em que se intensificou a luita de classes do país em que viveu, fixo da epistemologia dialética da “prática-teoria-prática” a base fundamental para o surgimento do quadro ideológico-político-organizacional do TKP/ML. Ao mesmo tempo, investigou profundamente as luitas de classes vividas em nível internacional e os conflitos ideológicos e construiu seu pensamento passo a passo com base em todas essas questons. Ele se tornou o representante do Marxismo-Leninismo-Maoismo na Turquia.

İbrahim KAYPAKKAYA é o ressurgimento da persistente luita de classes na Turquia com base nos princípios marxistas. Em primeiro lugar, ele é a ruptura ideológica e um renascimento. Porque se diferenciava intelectual e praticamente de todas as atitudes pequeno-burguesas, oportunistas, revisionistas e parlamentares, que até entom traficavam em nome do proletariado e dos trabalhadores oprimidos e diziam agir a seu favor. Nesse sentido, fixo rupturas de princípio. É um renascimento, porque nom só se distinguiu dos seus antecessores e daqueles que entom existiam, mas ao mesmo tempo construiu o caminho da verdadeira libertaçom do proletariado e dos trabalhadores oprimidos. Na Turquia, foi ele quem traçou a Bandeira Vermelha, que devia ser agitada nas mãos calejadas, destrutivas e construtoras da classe mais revolucionária, o proletariado, e içada nos bastions da burguesia.

İbrahim KAYPAKKAYA foi um grande estudante da revoluçom sócio-política na Turquia e do Marxismo-Leninismo-Maoismo, a mais nova etapa alcançada no progresso histórico do marxismo-leninismo por meio do camarada Mao. Ele conseguiu isso por meio da linha teórica, política e organizacional por ele apresentada. Ele deu um passo histórico ao apontar a necessidade dumha força de orientaçom e liderança na Turquia. Ele conectou o fluxo inevitável da história e a dialética desse fluxo com o ponto em que o camarada Mao levou o marxismo e concretizou o caminho da revoluçom como Guerra Popular. Com a orientaçom da Grande Revoluçom Cultural Proletária, ele formou o Partido. O camarada KAYPAKKAYA desenvolveu umha luita implacável contra aqueles entendimentos que tomavam os produtos teóricos e acumulaçons do socialismo teórico na forma dum conjunto de formulaçons dogmáticas ou absolutas. Ao mesmo tempo em que se mantivo fiel às raízes do socialismo teórico, ele desenvolveu enormes conexons com essas raízes, conectou o passado com o presente e representa o sinal de fogo para a conquista do futuro.

Portanto, ele é – como foi ontem, também hoje – um facho do proletariado internacional, que marcha adiante no caminho do Marxismo-Leninismo-Maoismo. Temos a honra de ser os sucessores deste facho vermelho do comunismo e da clareza ideológica do camarada İbrahim KAYPAKKAYA, sua coragem política e prática continuam a nos guiar também no 48º aniversário de seu assassinato.

O líder comunista İbrahim Kaypakkaya é imortal!

Viva o internacionalismo proletário!

Glória à vitória da Guerra Popular!

Glória ao Marxismo-Leninismo-Maoismo!

Maio de 2021

Firmas:

– Türkiye Komünist Partisi / Marksist-Leninist [Partido Comunista da Turquia / Marxista-Leninista]

– Partido Comunista del Perú

– Partido Comunista do Brasil (Fração Vermelha)

– Committee Red Flag – FRG [Comité Bandeira Vermelha – RFA]

– Tjen Folket – kommunistisk forbund [Servir ao povo – Liga Comunista da Noruega]

– Committee for the Reconstitution of the Communist Party of the United States [Comité para a Reconstituiçom do Partido Comunista dos Estados Unidos]

– Partido Comunista del Ecuador – Sol Rojo

– Comité de Construçom do Partido Comunista Maoista da Galiza

– Unión Obrera Comunista (mlm) – Colombia

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

Create your website with WordPress.com
Iniciar
%d bloggers like this: